Otan vai enviar quatro novos grupos de combate para o Leste Europeu

Mais apoio à Ucrânia também foi anunciado; Jens Stoltenberg informou que vão mandar assistência em cibersegurança e equipamentos

  • Por Jovem Pan
  • 23/03/2022 11h28 - Atualizado em 23/03/2022 13h56
EFE/ Olivier Hoslet Jens Stoltenberg Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, durante entrevista coletiva em encontro de cooperação entre Otan e União Europeia, em Bruxelas

O secretário-geral da aliança militar da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, anunciou nesta quarta-feira, 23, que a aliança quer enviar grupos de combate adicionais para quatro países do Leste Europeu em resposta à guerra na Ucrânia que já chega ao seu 28º dia. “O primeiro passo é o envio de quatro novos grupos de combate para Bulgária, Hungria, Romênia e Eslováquia”, afirmou Stoltenberg. “Espero que os líderes estejam de acordo com o fortalecimento da posição da aliança em todos os domínios”, declarou o secretário-geral que também informou que dará apoio à Ucrânia para enfrentar ameaças nucleares, químicas ou biológicas. Stoltenberg disse esperar, na cúpula de quinta-feira. 24, em Bruxelas, que se aprove “apoio adicional, incluindo assistência em cibersegurança, assim como equipamentos para ajudar a Ucrânia a se proteger de ameaças químicas, biológicas, radiológicas, ou nucleares”.

*Com informações da AFP