França diz que pandemia ‘está controlada’ após queda de internações

De acordo com o governo, é ‘extremamente baixa’ a possibilidade de ser decretado um novo confinamento geral como o que vigorou de 17 de março a 11 de maio

  • Por Jovem Pan
  • 05/06/2020 16h20
EFE/EPA/MOHAMMED BADRAHá 12.696 pessoas internadas com Covid-19, o que representa 405 a menos do que a quantidade de quinta-feira

O número de pessoas internadas com Covid-19 na França voltou a cair nesta sexta-feira (5), seguindo uma tendência das últimas semanas. O país registrou mais 46 mortes causadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, pouco menos que as 44 reportadas no dia anterior.

A Direção-Geral de Saúde explicou em comunicado que há 12.696 pessoas internadas com Covid-19, o que representa 405 a menos do que a quantidade de quinta-feira. Esse número está muito longe das quase 32.300 pessoas que chegaram a ser hospitalizadas na fase mais crítica da pandemia no país, no começo de abril.

Esta evolução é ainda mais perceptível com os pacientes em estado muito grave nas unidades de terapia intensiva (UTI), que agora são 1.094, 69 a menos do que a véspera. Durante o pico, em 8 de abril, as UTIs na França comportaram até 7.148 pacientes com coronavírus.

De acordo com o Conselho Científico formado pelo governo, a pandemia está controlada e é “extremamente baixa” a possibilidade de ser decretado um novo confinamento geral como o que vigorou de 17 de março a 11 de maio.

O presidente do órgão, Jean-François Delfraissy, comentou nesta sexta-feira que o coronavírus SARS-CoV-2 segue circulando, principalmente na região de Paris, mas o número de novos contágios diários já caiu de 80 mil, do início de março, para cerca de mil.

* Com EFE