Papa Francisco abençoa e parabeniza Joe Biden pela vitória nas eleições

O presidente eleito aproveitou a conversa pelo telefone para expressar o seu desejo de trabalhar em parceria com o pontífice em assuntos relacionados às minorias e às mudanças climáticas

  • Por Bárbara Ligero
  • 12/11/2020 15h51 - Atualizado em 12/11/2020 16h05
EFE/EPA/VATICAN MEDIA HANDOUTO Papa Francisco entrou para a já extensa lista de líderes mundiais que reconheceram e parabenizaram Joe Biden pela vitória nas eleições

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, falou com o Papa Francisco por telefone na manhã desta quinta-feira, 12. Durante a conversa, o Santo Padre enviou a sua bênção ao democrata e o parabenizou pela vitória. Em resposta, Biden disse ao pontífice que admira a maneira como ele desempenha um papel de liderança na promoção da paz, da reconciliação e dos laços que ligam toda a humanidade. O futuro presidente também expressou o seu desejo de trabalhar ao lado do Papa Francisco em questões relacionadas aos marginalizados, aos pobres, aos imigrantes, aos refugiados e às mudanças climáticas, com base em suas crenças compartilhadas em relação à dignidade e igualdade das pessoas. As informações foram divulgadas pelo time responsável pela transição de poder de Biden, em seu site oficial.

Joe Biden já teve a vitória reconhecida pelos principais líderes mundiais. Algumas exceções notáveis são os governantes do Brasil, do México, da Rússia, da China e da Coréia do Norte. – sendo esses últimos três reconhecidamente inimigos dos Estados Unidos. Apesar de Donald Trump não ter reconhecido a sua derrota, alegando que houve fraude eleitoral, 79% dos cidadãos norte-americanos também já reconhecem o democrata como presidente eleito.