Papa Francisco adia Jornada Mundial da Juventude para 2023

  • Por Jovem Pan
  • 20/04/2020 13h40 - Atualizado em 20/04/2020 13h41
Alberto Pizzoli/EFEPapa Francisco é o maior líder da Igreja Católica

O papa Francisco decidiu atrasar em um ano, para 2023, a realização da edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que aconteceria em Lisboa, em Portugal. A informação foi revelada nesta segunda-feira (20) pelo porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni.

O evento, que aconteceria em agosto de 2022, foi transferido para exato um ano depois, devido à pandemia do novo coronavírus.

Além disso, Bruni anunciou que também foi adiado em um ano, para junho de 2022, o Encontro Mundial das Famílias, que aconteceria em Roma, em junho próximo.

A decisão foi tomada, segundo o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, por causa das eventuais consequências que poderiam ter os deslocamentos de pessoas para participar dos dois eventos.

Em 5 de abril, em que foi celebrado o Domingo de Ramos, haveria a passagem da cruz dos jovens da Cidade do Panamá, onde aconteceu a mais recente edição da JMJ, para os de Lisboa, mas a cerimônia foi adiada provisoriamente para o dia 22 de novembro.

*Com informações da Agência EFE