Paris restringe atividades físicas para reduzir movimentação nas ruas

  • Por Jovem Pan
  • 07/04/2020 12h06 - Atualizado em 07/04/2020 12h07
ROSIVAN MORAIS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOO objetivo é deixar que esse tipo de movimentação aconteça apenas nos horários de menor movimento

A prefeitura e a polícia de Paris, na França, decidiram nesta terça-feira (7) restringir o horário de autorização para que as pessoas pratiquem atividade física ao ar livre, após verificar aumento na movimentação em ruas e parques.

A partir da quarta-feira (8), será proibido fazer qualquer exercício ou esporte na cidade entre 10h e 19h (pelo horário local).

O objetivo, segundo comunicado assinado pela prefeita Anne Hidalgo e pelo chefe de polícia, Didier Lallement, é deixar que esse tipo de movimentação aconteça apenas nos horários de menor movimento nas ruas e áreas públicas parisienses.

“As saídas, inclusive as autorizadas, devem ser limitadas ao que é urgente e indispensável e não podem se converter em múltiplos deslocamentos diários, nem permitir que gerem aglomeração em espaços públicos”, diz o texto.

Nos últimos dias, as temperaturas subiram acima dos 20 graus em Paris, o que colaboraram para o aumento de pessoas nos espaços de lazer.

O governo francês, até o momento, não endureceu as regras de confinamento, mas o ministro da Saúde, Olivier Véran, admitiu que prefeitos podem lançar mão de medidas adicionais, como toque de recolher, o que já aconteceu à noite em Nice e Perpignan.

O integrante do governo admitiu que a França não alcançou o pico da pandemia. Até o momento, são 8.911 mortes em decorrência da infecção pelo novo coronavírus.

*Com informações da EFE