Participação nas eleições dos Estados Unidos pode ser a maior em 100 anos

Estima-se que mais de 157 milhões de norte-americanos votaram em 2020, o que representa 65,7% de todos os eleitores com direito ao voto; número não é registrado desde as eleições de 1908

  • Por Jovem Pan
  • 04/11/2020 12h05
EFE/EPA/CLEMENS BILANOs eleitores participaram em massa das eleições que vão colocar Donald Trump ou Joe Biden no comando do país pelos próximos quatro anos

As eleições presidenciais dos Estados Unidos, realizadas nesta terça-feira (3), podem ter tido uma participação recorde dos eleitores. Estima-se que 157 milhões de pessoas votaram, número que representa 65,7% de todos os indivíduos com direito ao voto no país. Para efeito de comparação, as eleições de 2016, que elegeram o presidente Donald Trump, tiveram 60,1% de participação. Um número tão alto quanto o de 2020 não é visto desde 1908, quando as mulheres ainda não tinham direito ao voto. As informações são do jornal norte-americano The Washington Post.

A atual corrida presidencial entre Trump e Joe Biden, cujo resultado continua desconhecido, também teve um recorde no número de participações antecipadas, segundo levantamento feito pela Universidade da Flórida. Dos 100 milhões de eleitores que votaram antes do dia oficial das eleições, 3 de novembro, 35,9 milhões o fizeram presencialmente nas urnas, enquanto outros 64,8 milhões enviaram suas cédulas pelo correio. Essa decisão se deve, em parte, à pandemia de coronavírus, que levou as pessoas a evitarem aglomerações em locais públicos.

*Com informações da EFE