Peixe gigante de 190 kg é pescado nos Estados Unidos; animal pode ter mais de 100 anos

Apelidado de ‘monstro do rio’, o esturjão fêmea tinha dois metros de comprimento e quase um de circunferência; criatura foi devolvida à natureza depois de ser pesada e medida

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2021 17h44
Reprodução Twitter USFWSFisheriesA espécie ameaçada de extinção em boa parte dos Estados Unidos vive no fundo de lagos, bacias e barragens

Três membros do Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos tiveram uma grande surpresa na semana passada, quando pescaram um peixe de 109 quilos, mais de dois metros de comprimento e quase um metro de circunferência no Rio Detroit. Estima-se que o esturjão fêmea, capturado com iscas congeladas na cidade de Alpena no último dia 22, tenha mais de cem anos anos de vida. “Ela estava cansada e não lutava muito contra nós. Imagine tudo que aquele peixe viveu e viu”, comentou Paige Wigren, uma dos tripulantes a bordo. Descrito como um “monstro do rio” da vida real, a criatura conseguiu resistir por cerca de seis minutos antes de ser capturada por uma rede e colocada no barco pelo grupo de biólogos pesqueiros. “Senti o peixe batendo na linha. À medida que se aproximava, ficava cada vez maior”, relata Jason Fischer. A entidade afirmou que o esturjão foi imediatamente devolvido à natureza depois de ser pesado e medido.

O esturjão é um peixe de água doce que vive no fundo de lagos, bacias hidrográficas e barragens, com expectativa de vida de 55 anos entre os machos e de 70 a 100 anos entre as fêmeas. Porém, acredita-se que a criatura capturada na semana passada tenha conseguido superar essa idade devido ao seu tamanho. A espécie está ameaçada de extinção em Michigan e outros 18 outros estados do país devido à pesca excessiva e a perda de habitat. Por esse motivo, a lei ambiental determina que os pescadores só podem capturar um esturjão por ano em águas estaduais. No caso específico do rio Detroit, no entanto, todos os animais da espécie devem ser soltos.