Pence chama Rússia de “país imprevisível” que tenta desestabilizar os Bálcãs

  • Por Estadão Conteúdo
  • 02/08/2017 10h47
EFE Segundo Pence, Moscou esteve por trás de uma tentativa de golpe em Montenegro

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, descreveu nesta quarta-feira (2) a Rússia como “país imprevisível” que tenta desestabilizar a região dos Bálcãs.

Pence, que falou durante cúpula em Montenegro, afirmou que “a Rússia continua tentando redesenhar as fronteiras internacionais à força” e que trabalha para desestabilizar os Bálcãs, “minando suas democracias e separando vocês uns dos outros e do restante da Europa.”

Segundo Pence, Moscou esteve por trás de uma tentativa de golpe em Montenegro, em outubro do ano passado, para evitar que o país se aliasse à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A Rússia nega a acusação. Montenegro passou a integrar a Otan em junho.

Pence comentou ainda que “as intenções da Rússia foram expostas quando agentes apoiados por Moscou tentaram atrapalhar as eleições de Montenegro, atacar seu Parlamento e até mesmo tentar assassinar o primeiro-ministro” do país, numa tentativa “de impedir o povo montenegrino de entrar na aliança da Otan”.