Peru tem 51 mil casos da covid-19; país não atingiu o pico da doença

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2020 08h17 - Atualizado em 06/05/2020 08h19
EFE / EPA / MOHAMMED BADRASurtos significativos têm sido descobertos nos mercados de alimentos, nas minas, nas prisões, entre comunidades desabrigadas e forças policiais

O número de casos do coronavírus confirmados no Peru chega a 51.189, segundo dados desta quarta-feira (6) da Universidade Johns Hopkins. As informações mostram as dificuldades enfrentadas para combater a propagação do vírus no país, que ainda não atingiu o pico da curva de infecções.

O Peru foi uma das primeiras nações latino-americanas a implementar medidas de isolamento social, mas os casos dobraram nos últimos dez dias. O país está atrás apenas do Brasil em número de contágios pela covid-19.

Surtos significativos têm sido descobertos nos mercados de alimentos, nas minas, nas prisões, entre comunidades desabrigadas e forças policiais, indicando o cumprimento irregular das medidas de isolamento.  A falta de equipamentos de proteção tem provocado protestos nos hospitais, enquanto a pobreza tem complicado os esforços para convencer as pessoas a ficarem em casa.

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, anunciou na terça-feira (5) que o número total de infectados era de quase 51,2 mil, 3.817 a mais que no dia anterior, enquanto mais 100 mortes elevaram o total para 1.444.

O país registrou o primeiro caso de coronavírus em 6 de março e a primeira morte pela covid-19 em 19 de março. Segundo o especialista em doenças infecciosas e vice-reitor da Faculdade de Medicina do Peru, Ciro Maguiña, o pior estágio do surto ainda está por vir.

*Com informações da Agência Brasil