PIB dos EUA tem tombo histórico e registra queda de 32,9% no segundo trimestre

A contração representa o maior recuo para o índice do país desde o período da Grande Depressão

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2020 10h14 - Atualizado em 30/07/2020 10h17
Arquivo/Agência BrasilO índice em dólares correntes foi estimado em US$ 19,41 trilhões, uma queda de 34,3%

A economia dos Estados Unidos sofreu uma contração recorde de 32,9% no segundo trimestre de 2020. Os dados atualizados foram divulgados nesta quita-feira (30) pelo escritório oficial de estatísticas do Departamento do Trabalho (BEA). No trimestre anterior, a queda havia ficado em 5%. A contração representa o maior recuo no Produto Interno Bruto (PIB) do país desde o período da Grande Depressão, ocorrido do século passado. O índice em dólares correntes foi estimado em US$ 19,41 trilhões, uma queda de 34,3%.

Os números negativos são apresentados em meio a novos avanços do coronavírus no país. Segundo informações do BEA, o recuo registrado no segundo trimestre é um reflexo dos fortes efeitos da pandemia da Covid-19 na economia norte-americana, sendo o pior resultado para o período desde 1947. O índice representa principalmente os impactos negativos do mês de abril para os setores, quando as medidas de isolamento social estavam mais intensas, o que levou a forte retração econômica. O Departamento do Comércio informou também que o índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) caiu à taxa anualizada de 1,9% no segundo trimestre. Já o núcleo do PCE, que desconsidera preços de alimentos e energia, recuou 1,1% no mesmo intervalo.

*Com informações de Estadão Conteúdo