Polícia divulga que 341 agentes ficaram feridos em protestos na Colômbia

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2019 20h20
EFEProtestos na Colômbia

A polícia da Colômbia divulgou nesta segunda-feira (25) que 341 agentes ficaram feridos durante os quatro dias de protestos contra o governo do presidente, Iván Duque, principalmente, em Bogotá e no departamento de Valle de Cauca, no sudoeste do país, que tem Cáli como capital.

“Houve civis feridos, policiais feridos, muita violência. É preciso dizer que não ganhamos nada com essa violência permanente”, lamentou a ministra do Interior, Nancy Patricia Gutiérrez, em entrevista coletiva concedida nesta segunda.

De acordo com a polícia local, 232 agentes foram feridos em Bogotá e 64 em Valle del Cauca, as duas localidades onde aconteceram os maiores distúrbios e confrontos durante os atos populares.

Além disso, foram feridos 14 policiais no departamento de Cundinamarca, nove em Santander, oito em Antioquia, cinco em Caldas e três em Nariño, entre outros.

Desde o início dos protestos, três pessoas morreram e centenas ficaram feridas entre os que participavam das manifestações.

A Procuradoria Geral da Colômbia, órgão equivalente ao Ministério Público, já abriu investigação disciplinar contra agentes e também contra medidas de proibição de aglomerações nas ruas, o que seria uma violação da Constituição do país.

*Com informações da EFE