Polícia solta cinco jovens suspeitos por ataque homofóbico em Londres

Cinco pessoas, entre 15 e 18 anos, tinham sido detidas por agredir duas mulheres em um ônibus na capital britânica, em 30 de maio

  • Por Jovem Pan
  • 09/06/2019 10h18 - Atualizado em 09/06/2019 10h18
DivulgaçãoMelania Geymonat (à dir.) e sua namorada, Chris, foram atacadas em Londres em 30 de maio

Cinco jovens suspeitos de ter cometido um ataque homofóbico contra duas mulheres em um ônibus em Londres, na Inglaterra, pagaram fiança e foram liberados neste domingo (9). O crime ocorreu na madrugada de 30 de maio.

Os criminosos, que têm entre 15 e 18 anos, vão responder por acusações de roubo e assalto com agravantes por atacarem Melania Geymonat, uma comissária de bordo uruguaia da companhia aérea Ryanair, de 28 anos, e sua namorada, uma americana identificada apenas como Chris. As duas sofreram ferimentos no rosto e ficaram cobertas de sangue.

A polícia londrina continuará investigando se mais pessoas estão envolvidas no ataque.

Em 2018, a capital britânica registrou 2.308 ataques homofóbicos, comparado com os 1.488 que aconteceram em 2014, segundo os números da polícia metropolitana de Londres.

Outro ataque contra um casal de lésbicas levou um teatro de Southampton, no sul da Inglaterra, a cancelar neste fim de semana as sessões da peça “Rotterdam”. Duas das atrizes do elenco sofreram ferimentos leves após serem atacadas com pedras por pessoas dentro de um veículo quando chegavam para a sessão de sábado à tarde, segundo informou a produtora da peça, Hartshorn-Hook.

*Com informações da Agência EFE