Presidente da Argentina lamenta postura de Bolsonaro e diz ‘temer’ pelo Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 30/03/2020 13h32 - Atualizado em 30/03/2020 13h35
DivulgaçãoAlberto Fernández é o atual presidente da Argentina

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, lamentou nesta segunda-feira (30) que Jair Bolsonaro “não entenda a gravidade do problema” da pandemia do novo coronavírus, o que, na visão do mandatário argentino, “complica” a situação regional.

“É claro que complica, e lamento muito que ele não entenda a gravidade do problema. Isso me preocupa muito”, expressou Fernández em entrevista à Radio con Vos, de Buenos Aires, ao ser perguntado sobre as atitudes do presidente brasileiro a respeito da pandemia.

Fernández revelou que, recentemente, também conversou sobre o assunto com o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador.

“Em outro dia, conversando com Andrés Manuel López Obrador, falei de minha preocupação com o Brasil. Pois o Brasil é 70% do produto interno bruto (PIB) sul-americano e nosso principal parceiro econômico. A verdade é que tememos que, com esta lógica, entre na mesma espiral que entraram Itália e Estados Unidos, que quando adotaram a quarentena já era tarde e não tinham como parar a queda”, declarou Fernández.

O mandatário argentino afirmou que López Obrador “entendeu” a gravidade do problema, embora inicialmente tenha incentivado a população mexicana a sair normalmente às ruas e não se isolar em casa.

“Acho que Andrés Manuel entendeu que o assunto era perigoso demais do que pensou inicialmente. De fato, está tomando medidas agora, inclusive o discurso que fez no G20 é um discurso que levou em conta as medidas que estão sendo tomadas”, analisou.

*Com informações da Agência EFE