Promotores começam investigação do incêndio em Notre-Dame

Autoridades ainda não tinham entrado no interior da catedral porque havia o risco de a estrutura ruir

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2019 10h01
Agência EFEO incêndio de segunda-feira (15) devastou a catedral, destruindo seu pináculo de 90 metros de altura e cerca de dois terços do teto.

Promotores franceses começaram a investigar o que causou o incêndio na Catedral de Notre-Dame, em Paris, na França. Nessa quarta-feira (17), autoridades disseram que especialistas e investigadores entraram em partes da catedral para iniciar o trabalho.

Eles ainda não tinham entrado no interior da catedral porque havia o risco de a estrutura ruir. O incêndio de segunda-feira (15) devastou a catedral, destruindo seu pináculo de 90 metros de altura e cerca de dois terços do teto.

Os promotores investigam a possibilidade de que o incêndio tenha começado por negligência. Há suspeitas de que o trabalho de restauração, que teve início no ano passado, tenha alguma relação com o fogo. Os promotores já interrogaram cerca de 30 pessoas envolvidas no trabalho.

*Com informações da Agência Brasil