Pulitzer cria nova categoria para premiar podcasts e reportagens em áudio

Inscrições para o maior prêmio de jornalismo dos Estados Unidos estão abertas até 24 de janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2019 16h34
Eileen Barroso/Columbia UniversityA equipe do Wall Street Journal foi uma das vencedoras do Pulitzer neste ano

Pulitzer, principal prêmio de jornalismo dos Estados Unidos, anunciou nesta sexta-feira (6) que terá, a partir da edição de 2020, uma categoria para reconhecer as melhores reportagens em áudio produzidas por veículos do país.

A nova categoria não só inclui programas de rádio, mas também podcasts, um gênero que caiu no gosto dos ouvintes nos últimos anos e cada vez mais cresce em audiência.

“O renascimento do jornalismo radiofônico nos últimos anos e os podcasts deram origem a uma extraordinária variedade de narrativas de não ficção. Para reconhecer melhor esse trabalho, a direção do Pulitzer está lançando uma categoria experimental”, anunciou em comunicado a diretora do prêmio, Dana Canedy.

A diretora do Pulitzer explicou que a categoria premiará um jornalismo que tenha servido o interesse público e seja caracterizado por reportagens reveladoras e narrativas esclarecedoras.

Com o anúncio, os responsáveis pelo Pulitzer pedem que produtores de programas de rádio e podcasts enviem seus trabalhos até o próximo dia 24 de janeiro para serem avaliados e possivelmente agraciados na próxima edição do prêmio.

*Com EFE