Putin deixa diferenças de lado e afirma que Gorbachev teve ‘grande impacto na história do mundo’

Líder russo prestou homenagem para o ex-líder soviético que faleceu na terça-feira, 30; a relação entre os dois teve altos e baixos

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2022 10h51 - Atualizado em 31/08/2022 10h53
Alexander NEMENOV / AFP Putin e Gorbachev Presidente russo Vladimir Putin com o ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev

O presidente russo Vladimir Putin prestou homenagem para Mikhail Gorbachev, que faleceu na terça. “Mikhail Gorbachev é um político e um estadista que teve um grande impacto na evolução da história do mundo”, afirmou em um telegrama de condolências publicado pelo Kremlin. “Guiou o nosso país em um período de mudanças complexas e dramáticas, e de grandes desafios de política externa, econômicos e sociais”, destacou. “Ele compreendeu profundamente que as reformas eram necessárias, se esforçou para oferecer suas próprias soluções para nossos problemas urgentes”, acrescentou. Gorbachev permaneceu no poder entre 1985 e 1991. Ele desencadeou o fim da União Soviética (URSS) durante seu mandato e é visto como pelo Ocidente como o responsável por encerrar a Guerra Fria sem derramamento de sangue. Putin e Gorbachev tiveram uma relação de altos e baixos. O líder russo já chegou a classificá-lo como “maior catástrofe geopolítica” do século XX e passou grande parte de seu governo de mais de 20 anos tentando reverter partes do legado de Gorbachev.

Quando Putin chegou ao poder, Gorbachev disse que ele tinha um bom perfil para ser presidente, tanto que após o colapso da União Soviética, ele chegou a expressar esperanças quando Putin, ex-agente da KGB, foi eleito em 2000. Na ocasião, ele afirmou que Putin era “inteligente, sério, reservado e organizado”. “Gosto de pessoas com este perfil”, acrescentou. Mas em 2011 afirmou que sentia vergonha de tê-lo apoiado e, um ano depois, criticou sua “suscetibilidade e rancor”. Em 2018, no entanto, antes da reeleição de Putin para o quarto mandato, expressou franco apoio. “Hoje é um líder que merecidamente goza do apoio do povo”, disse Gorbachev. Para o ex-líder soviético, Putin representava uma oportunidade de estabilidade e crescimento econômico, uma continuidade da transição para a democracia que ele iniciou. Mas com o passar dos anos e esperanças cada vez menores de um desenvolvimento da democracia na Rússia, Gorbachev passou a fazer algumas críticas veladas e depois iniciou os ataques frontais. A imprensa internacional frequentemente repercutia seus comentários, e Gorbachev ostentava com orgulho seu envolvimento com o jornal anti-Kremlin Novaya Gazeta, que suspendeu a circulação este ano, depois que a Rússia iniciou sua invasão à Ucrânia.

*Com informações da AFP

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.