Quase 500 ‘coletes amarelos’ são presos na França

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2018 09h59
Agência EFEMilhares da manifestantes dos 'coletes amarelos' saíram às ruas de Paris, França, neste sábado (8) contra o presidente do país, Emmanuel Macron

Milhares de manifestantes protestam pelas ruas de Paris, na França, neste sábado (8). Embora o presidente francês, Emmanuel Macron, tenha anunciado, na última quarta-feira, que desistiu de aumentar os impostos sob combustíveis, os chamados “coletes amarelos” saíram às ruas pelo quarto final de semana consecutivo.

Até às 11 horas (horário local; 8 horas em Brasília), 481 pessoas foram detidas, segundo o primeiro-ministro Édouard Philippe. Desse total, 211 ficaram sob custódia.

Perto da Champs-Elysées, a polícia jogou gás lacrimogêneo contra manifestantes, que enfrentaram a polícia gritando “Macron renúncia!”. A medida foi tomada depois de outro momento de tensão entre os “coletes amarelos” e agentes de segurança, quando manifestantes foram impedidos de passar pela avenida a partir de um determinado ponto, perto do Palácio do Eliseu.

Pela primeira vez em mais de 40 anos, as forças da ordem em Paris contam com doze blindados da gendarmaria que podem ser utilizados para atravessar barricadas. Além disso, diversos pontos turísticos da cidade, como a torre Eiffel, estão fechados.

*Com informações da Agência EFE