R. Dominicana transfere cerca de 7 mil turistas por passagem de furacão Irma

  • Por EFE
  • 07/09/2017 15h02
Companhias áreas reprogramaram voos na República Dominicana para atender os turistas afetados pelo Irma, nos complexos hoteleiros de Punta Cana

Cerca de 7,5 mil turistas foram levados, como medida preventiva, desde vários complexos hoteleiros de Samaná, Punta Cana e Puerto Plata para hotéis em Santo Domingo e Santiago, por causa da passagem do furacão Irma, de categoria 5, informaram nesta quinta-feira as autoridades.

Os turistas estavam em hotéis do leste e nordeste do país, a zona mais afetada pelo furacão, e foram levados nas últimas horas a outras hospedagens em Santo Domingo, bem como em Santiago, explicou à imprensa o diretor do Corpo Especializado de Segurança Turística (Cestur), Juan Carlos Torres.

Por outro lado, a Associação de Hotéis e Turismo da República Dominicana (Asonahores) afirmou que, por enquanto, não foram registrados danos importantes na indústria turística nacional.

Nos complexos hoteleiros, a maioria deles situados em Punta Cana, Puerto Plata, Samaná e Santo Domingo, foram ativados os protocolos de segurança e prevenção e tudo está sob controle, segundo explicou hoje à Agência Efe um porta-voz do Ministério de Turismo.

Várias companhias aéreas reprogramaram seus voos na República Dominicana para atender aos turistas perante a passagem de Irma pelo país, enquanto cerca de cem voos foram cancelados desde e para vários aeroportos internacionais do país, que, no entanto, continuam operando.

A indústria turística é a principal fonte de investimentos da República Dominicana, onde a chegada de turistas cresceu 5,9% entre janeiro e julho deste ano.

O olho do furacão Irma se moverá hoje sobre o norte do litoral de La Española (República Dominicana e Haiti) e o sudeste das Bahamas, após ter passado por Porto Rico, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, por sua sigla em inglês) dos EUA.

Segundo o boletim do NHC, o sistema está a 125 quilômetros de Puerto Plata (República Dominicana) e a 190 quilômetros ao sudeste da Grande Turca (Ilhas Turcos e Caicos).

O Escritório Nacional de Meteorologia (Onamet) dominicano mantém um aviso de furacão desde Cabo Engaño, próximo a Punta Cana, até a Baía de Manzanillo (Montecristi), todo o litoral do norte do país, e um aviso de condições de tempestade tropical desde Cabo Engaõo até Pedernales.