Região próxima a Kiev vive noite de explosões e ataques

Imagens compartilhadas mostram céu claro durante a madrugada em Vasylkil; local com tanques de combustível foi bombardeada

  • Por Jovem Pan
  • 26/02/2022 21h55 - Atualizado em 27/02/2022 00h08
Reprodução/Twitter/@KyivPost Cidade bombardeada na Ucrânia Vasylkiv, cidade próxima a Kiev, na Ucrânia, sofre bombardeio russo

A capital da Ucrânia, Kiev, sofreu uma nova onda de ataques dos militares russos na madrugada de domingo no horário local e durante a noite de sábado, 26, no horário de Brasília. A região atingida foi a de Vasylkil, localizada aproximadamente a 30 quilômetros da capital, segundo correspondentes internacionais. Relatos da mídia ucraniana informam que o local abrigava um aeródromo militar que continha tanques de combustível e, com isso, as explosões provocaram uma forte iluminação no céu da Ucrânia.

Na manhã deste sábado, o governo de Vladimir Putin anunciou que o Exército russo avançaria na Ucrânia em todas as direções. Em um comunicado, o Ministério da Defesa da Rússia afirmou que “todas as unidades receberam a ordem de ampliar a ofensiva em todas as direções, de acordo com o plano de ataque. O Kremlin também ressaltou que o governo ucraniano se recusou a abrir uma negociação. A informação, porém, foi negada pelo governo local.