Rússia diz que ‘é cedo’ para avaliar as negociações com a Ucrânia

Primeira reunião entre as partes para tentar um acordo de cessar-fogo aconteceu na segunda-feira, 28, em Belarus

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2022 09h55 - Atualizado em 01/03/2022 14h02
Sergei KHOLODILIN / BELTA / AFP - 28/02/2022 Membros das delegações russa e ucraniana na mesa de negociações sobre o conflito entre os países Representantes dos dois países se reuniram em Belarus para negociar um acordo de paz

O governo da Rússia disse que ainda para ‘é cedo’ avaliar as negociações com a Ucrânia pelo fim do conflito na região. O porta-voz do governo, Dmitri Peskov, afirmou que Vladimir Putin foi informado da situação, que ainda é cedo para avaliar os resultados dos diálogos entre as partes. A primeira reunião entre representantes dos dois países aconteceu na segunda-feira, 28, na fronteira da Ucrânia com Belarus após intermédio do presidente bieorusso Alexander Lukashenko. “Temos que analisar e depois pensar nas perspectivas informadas” por Vladimir Medinsky, chefe da delegação russa, defendeu Peskov. Nesta terça, o ministro da Defesa da Rússia, Sergey Shoigu afirmou que a ofensiva russa continuará até que “os objetivos estabelecidos sejam alcançados”. Além da “desmilitarização” e da “desnazificação” da Ucrânia, a Rússia busca se proteger da “ameaça militar criada pelos países ocidentais”, repetindo as falas de Putin.

*Com informações da AFP