Rússia encerra negociações por acordo de paz com Japão

Kremlin mantinha tratativas com o país asiático desde o fim da Segunda Guerra Mundial; motivo do abandono das reuniões foi a ‘posição hostil’ de Tóquio no conflito com a Ucrânia

  • Por Jovem Pan
  • 21/03/2022 14h40
Handout / RUSSIAN FOREIGN MINISTRY / AFP ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, encerrou as negociações com o Japão em busca de um acordo de paz

O governo da Rússia anunciou na manhã desta segunda-feira, 21, que encerrou as negociações por um tratado de paz com o Japão. As reuniões ocorriam desde o fim da Segunda Guerra Mundial e tratavam de uma disputa territorial entre os países. A justificativa dada pelo Kremlin para a interrupção das conversas seria a “posição hostil” de Tóquio na invasão russa em território ucraniano. “A Rússia não pretende, nas atuais circunstâncias, continuar as negociações com o Japão sobre um tratado de paz”, afirmou o Ministério das Relações Exteriores russo, após afirmar ser “impossível falar da assinatura de um documento fundamental sobre as relações bilaterais com um Estado que tem uma posição abertamente hostil e procura prejudicar os interesses”. Japão e Rússia negociavam, há décadas, um acordo de paz devido uma disputa por quatro ilhas no arquipélago as Curilas.