‘Rússia está aberta ao diálogo’, diz Putin em carta de Ano Novo para Donald Trump

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2018 11h08
Agência EFEEncontro entre os presidentes não deve acontecer até o fim do primeiro semestre de 2019

Aos 45 minutos do segundo tempo de 2018, o presidente russo, Vladimir Putin, disse em carta enviada para o presidente dos EUA, Donald Trump, que a Federação Russa está aberta ao diálogo. Para Putin, “as relações russo-americanas são um importante fator de estabilidade estratégica e segurança internacional”.

A mensagem de tom apaziguador visa aliviar a tensão após o imbróglio naval entre a Rússia e Ucrânia no mar negro, episódio em que a guarda costeira russa capturou três navios ucranianos. O caso fez Trump cancelar um encontro com Putin marcado para o último dia 1 de dezembro, durante a cúpula do G20 em Buenos Aires, na Argentina.

Para o estadunidense, captura foi uma agressão do kremlin ao vizinho. Já Putin defende que a ação foi uma resposta a provocação do país vizinho.

Para o chanceler russo, Sergei Lavrov, políticos estadunidenses têm buscado impossibilitar encontros entre Putin e Trump para dificultar a estabilização das relações bilaterais. O pronunciamento surge pouco após a suspensão da possível visita do presidente Russo aos EUA no primeiro semestre de 2019. Período em que Trump também não deve viajar para Moscou.

*com informações da EFE