Russos atingem prédio residencial em Chernihiv; Kiev e outras cidades são atacadas

Zelensky definiu que as próximas 24 horas serão cruciais para defesa da Ucrânia contra invasão da Rússia

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2022 03h55
Maxar Technologies / AFP Imagem de satélite mostra caminhões e veículos militares russos em comboio que se deslocava na direção de Kiev Imagem de satélite mostra caminhões e veículos militares russos em comboio que se deslocava na direção de Kiev

A manhã desta segunda, 28, teve mais operações da Rússia contra cidades da Ucrânia. Forças russas realizaram ataques com mísseis em toda a Ucrânia durante a noite, disse Oleksiy Arestovych, assessor do chefe de Gabinete do Presidente. Ataques aéreos ocorreram em Kiev, Zhytomyr, Zaporizhzhia e Chernihiv e sirenes de ataque aéreo dispararam em muitos outros locais, como Dnipro e Kharkiv. Em Chernihiv, no norte do país, o Serviço de Urgência da Ucrânia relatou que um prédio residencial foi atingido e uma mulher ficou levemente ferida; um incêndio começou em dois andares da construção. O órgão ainda relatou que um prédio onde funciona um jardim de infância e uma loja no mercado central também foram atingidos.

Os russos conseguiram assumir o controle de Berdyansk, na costa do Mar Negro, neste domingo, 28, de acordo com o prefeito da cidade. O município conta com uma pequena base naval e tem cerca de 100 mil habitantes. Enquanto isso, os alvos em cidades maiores continuam, com imagens de satélites mostrando um comboio gigantesco se deslocando na direção de Kiev. O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou em ligação para o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, que as próximas 24 horas serão cruciais para a defesa ucraniana. Até o momento, Kiev continua sob controle da Ucrânia, afirmaram as Forças Armadas do País. “Todas as tentativas de ocupá-la falharam”, afirmaram, em nota.