Santiago tem toque de recolher pelo segundo dia consecutivo

  • Por Jovem Pan
  • 20/10/2019 17h25
EFE/ Elvis GonzálezMedida foi anunciada diante do agravamento dos protestos que já deixaram três mortos

O chefe de Defesa Nacional do Chile, major-general Javier Iturriaga del Campo, encarregado pela ordem pública durante o estado de emergência no país, ordenou neste domingo (20) um novo toque de recolher na capital Santiago.

Segundo ele, a medida visa “proteger a vida de todos”, diante do agravamento dos protestos que já deixaram três mortos.

O novo toque, que se soma ao determinado no sábado (19), será das 19h às 6h (hora local) de segunda (21), após o aumento de barricadas, incêndios e saques durante os atos.

*Com EFE