‘Ser gay é o melhor presente que Deus me deu’, diz Tim Cook, presidente da Apple

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2018 18h30
STEPHANIE LECOCQ/EFE"Tenho muito orgulho disso", declarou mais uma vez

Em entrevista gravada para a rede de televisão norte-americana CNN, o presidente da Apple, Tim Cook, falou mais vez abertamente sobre sua sexualidade. “Tenho muito orgulho disso. Ser gay é o melhor presente que Deus me deu”, afirmou.

Cook revelou sua orientação sexual em 2014. Na época, rumores sobre supostos relacionamentos com outros homens já circulavam na imprensa dos Estados Unidos. Tanto que começou a receber cartas e mensagens de crianças e adolescentes que sofriam bullying motivado por homofobia nas escolas. De acordo com ele, naquele momento sentiu que seria “egoísmo” se manter em silêncio. “Eu precisava fazer algo por elas”, disse.

O presidente da Apple se tornou, ali, o primeiro CEO gay de uma empresa da Fortune 500, classificação das maiores corporações do mundo publicada anualmente pela revista Fortune. “Aprendi como era ser uma minoria”, declarou.