Sobe para 51 o número de casos de varíola dos macacos na Espanha

Região de Madri segue a mais afetada, com 47 positivos; sauna da capital espanhola é considerada principal foco de transmissão da doença

  • Por Jovem Pan
  • 25/05/2022 05h45 - Atualizado em 25/05/2022 05h53
REUTERS/Dado Ruvic/Illustration varíola dos macacos Tubos de ensaio rotulados como "positivo para o vírus Monkeypox", que provoca a varíola dos macacos

O número de casos de varíola dos macacos na Espanha chegou a 51 nesta terça-feira, 24, após 15 novos registros. Segundo autoridades de saúde, a região de Madri segue a mais afetada, com 47 positivos. Além disso, o Conselho de Saúde de Madri analisa amostras de outros 20 casos considerados suspeitos. Todos os positivos da capital são homens e tem evolução considerada “dentro do razoável”, segundo afirmou Enrique Ruiz Escudero, diretor regional de saúde. Na região, os esforços são concentrados na cadeia de transmissão em uma sauna, principal foco do surto e que foi fechada na última sexta-feira, 20.  A varíola dos macacos já atinge nove comunidades autônomas da Espanha. Mesmo assim, autoridades locais, como a ministra da Saúde Carolina Darias, indicam que o cenário é de tranquilidade. “Estamos vendo que começam a surgir cada vez mais casos negativos, e esperamos que essa seja a tendência.”

*Com EFE