Sri Lanka tem novas explosões e tiroteio durante perseguição a terroristas

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2019 16h58
EFEForças de segurança trocaram tiros com grupo não identificado; ainda não se sabe se explosões são ações suicidas

Uma ação antiterrorista da polícia do Sri Lanka terminou em confrontos nesta sexta-feira, 26, e deixou três mortos e três feridos. As forças de segurança do país, que se depararam com uma série de explosões na cidade de Kalmunai, trocaram tiros com um grupo armado desconhecido.

A operação foi iniciada após um aviso sobre a existência de uma casa onde estariam pessoas ligadas aos atentados terroristas de Domingo de Páscoa, que tiveram como alvo três igrejas, quatro hotéis e um complexo de casas no Sri Lanka e deixaram 253 mortos e 500 feridos. Os ataques foram reivindicados pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

“Houve três explosões, mas não temos certeza se foram provocadas por suicidas ou por outras razões”, disse uma fonte militar que pediu anonimato.

O exército disse que recuperou dois corpos de supostos terroristas que teriam morrido nas explosões e acrescentou que, por enquanto, a área está isolada.

O incidente aconteceu no mesmo dia em que o presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, afirmou que foi detectada a presença no país de pelo menos 130 pessoas suspeitas de terem vínculos com o Estado Islâmico.

*Com EFE