Sul-coreano Kim Jong-Yang é eleito novo presidente da polícia internacional

  • Por Jovem Pan
  • 21/11/2018 10h08
Agência EFEApoiado pelos Estados Unidos, o sul-coreano Kim Jong-Yang foi eleito o novo presidente da Interpol

O sul-coreano Kim Jong-Yang foi eleito o novo presidente da Interpol. A eleição ocorreu no último domingo (18), durante a Assembleia Geral da organização de polícia internacional, realizada em Dubai.

O candidato russo derrotado, Alexander Prokopchuk, foi critado pelos Estados Unidos e por países como Ucrânia e Lituânia. Essas nações temiam uma possível politização da Interpol, caso ele conquistasse o cargo.

O presidente da Interpol tem poucas atribuições. Basicamente, ele lidera as sessões da Assembleia Geral e do Comitê Executivo, enquanto as funções executivas da organização recaem no secretário-geral.

Apoiado pelos Estados Unidos, Kim, cujo mandato dura dois anos, vai suceder o chinês Meng Hongwei, preso em setembro pela polícia chinesa por crimes não especificados. Hongwei, que também era vice-ministro chinês da Segurança Pública, desapareceu em 25 de setembro, ao desembarcar na China após uma viagem a Estocolmo.

Cinco dias depois, a Comissão Nacional de Supervisão, órgão encarregado de vigiar o comportamento dos funcionários públicos, revelou que Meng estava em seu poder. Ele estava sendo investigado por “violações da lei”.

*Com informações da Agência EFE