Terremotos de 6,1 e 6,2 graus na escala Richter atingem Argentina e Colômbia

  • Por Jovem Pan
  • 24/12/2019 17h02 - Atualizado em 24/12/2019 17h03
ReproduçãoNa Argentina, o tremor atingiu a província de Santiago del Estero, no noroeste

Um terremoto de 6,1 graus de magnitude na escala Richter sacudiu nesta terça-feira (24) a província de Santiago del Estero, no noroeste da Argentina. Já na Colômbia, um tremor de 6,2 graus atingiu várias regiões por volta das 14h (horário local, 16h em Brasília).

Em ambos os países, não houve vítimas nem danos graves. Na Argentina, segundo o Instituto Nacional de Prevenção Sísmica (Inpres), o tremor ocorreu às 13h46 (horário local; mesmo horário em Brasília), com epicentro localizado a 128 quilômetros a nordeste da cidade de Santiago del Estero.

O tremor também foi sentido nas províncias vizinhas de Córdoba, Tucumán e Catamarca.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) calculou que o terremoto atingiu 6 graus de magnitude na escala Richter e que o epicentro ocorreu a 560 quilômetros de profundidade.

Horas antes, o Inpres havia registrado outros tremores leves — de 3,3 e 2,6 graus na escala Richter — em províncias próximas a Santiago del Estero. O centro-oeste e o noroeste da Argentina são as regiões com maior atividade sísmica no país.

Já na Colômbia, o epicentro foi localizado pelo Serviço Geológico Colombiano (SGC) no departamento de Meta, na região central da Colômbia, perto das cidades de Lejanías, Mesetas e San Juan de Arama.

O terremoto foi sentido em várias regiões próximas a Meta, como Bogotá, Tolima e Valle del Cauca, no sudoeste do país.

* Com EFE