Tiroteio na sede Youtube foi praticado por uma mulher

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2018 18h50 - Atualizado em 03/04/2018 19h30
EFE/John G. Mabanglo Quatro pessoas ficaram feridas em tiroteio na sede do Youtube, na Califórnia

O tiroteio que causou pânico à sede do Youtube, em San Bruno, na Califórnia, foi praticado por uma mulher. Segundo as autoridades locais, uma mulher teria invadido o prédio e disparado contra quatro pessoas que estavam no pátio e se matou.

Em coletiva de imprensa, o chefe de Polícia de San Bruno, Ed Barberini, confirmou que quatro pessoas foram transferidas ao hospital com lesões causadas por tiros e mais uma foi encontrada morta no local.

De acordo com o Hospital Geral de São Francisco, três pessoas feridas deram entrada, uma delas em estado crítico.

O Escritório para Alcool, Tabaco, Armas e Explosivos, que monitora ataques a tiros nos Estados Unidos, também enviou agentes para o local.

Em sua conta no Twitter, o funcionário do YouTube Vadim Lavrusik disse ter visto pessoas correndo e se escondendo após ouvir tiros. “Agora, fomos retirados e estamos em segurança”, escreveu

Amigo de um funcionário do Google, Will Hudson disse ter recebido uma mensagem sobre o ataque. “Tem um atirador no meu prédio. Eles estão evacuando as pessoas”, disse. Segundo ele, no entanto, o amigo está seguro e já entrou em contato com a família.

Representantes do YouTube ainda não se posicionaram.

*Com informações da Agência Estado