Tivemos diversas vitórias, mas não conseguimos vencer na saúde, diz Trump

  • Por Estadão Conteúdo
  • 18/07/2017 17h55 - Atualizado em 18/07/2017 17h57
-FOTODELDIA- WAS30. WASHINGTON (ESTADOS UNIDOS), 01/06/2017.- El presidente de EE.UU., Donald Trump, pronuncia un discurso hoy, jueves 1 de junio de 2017, en la Casa Blanca, Washington (EE.UU.). Donald Trump anunció hoy su decisión de sacar al país del Acuerdo de París contra el cambio climático, adoptado por casi 200 países en 2015, hoy, jueves 1 de junio de 2017, en la Casa Blanca, Washington (Estados Unidos). EFE/Molly RileyPresidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconhece que é preciso aumentar a bancada republicana no Congresso

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lamentou nesta terça-feira o fato de que seu Partido Republicano não conseguiu aprovar no Senado uma reforma no sistema de saúde, o chamado Obamacare. Segundo Trump, porém, ainda deve haver mudanças nessa área, já que o modelo atual seria insustentável. “Vamos deixar o Obamacare fracassar para, então, os democratas virem para nosso lado”, afirmou. “Tivemos diversas vitórias, mas não conseguimos vencer na área da saúde.”

Trump argumentou que será crucial aprovar o atual sistema de saúde. “Não será tão rápido quanto queríamos, mas isso acontecerá”, afirmou. O Partido Republicano tem 52 votos no Senado e o Partido Democrata possui 48 cadeiras. Como alguns membros da situação não endossaram o projeto de lei, porém, ele não avançou no Senado.

Apesar de admitir a derrota na área da saúde, Trump afirmou que “vamos vencer” nos projetos de infraestrutura.

O presidente americano afirmou, em declarações à imprensa na Casa Branca, que o Partido Republicano terá de eleger mais congressistas para conseguir aprovar seus projetos. “Eu irei trabalhar duro para garantir que mais republicanos sejam eleitos”, disse Trump, referindo-se à eleição legislativa do próximo ano.