Trump autoriza ‘protocolos iniciais’ da transição de poder para Biden

É a primeira vez que o presidente dos Estados Unidos menciona o tema desde a projeção da vitória de Joe Biden, em 3 de novembro

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2020 21h00 - Atualizado em 23/11/2020 21h01
EFE/EPA/JUSTIN LANEDonald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou nesta segunda-feira, 23, que deu autorização para o início do processo de transição de poder para o democrata Joe Biden, projetado como vencedor das eleições presidenciais do último dia 3, mas ainda não admitiu sua derrota. “Quero agradecer a Emily Murphy, da GSA (Administração Geral de Serviços) por sua inabalável dedicação e lealdade ao nosso país. Ela foi acossada, ameaçada e alvo de abusos – e eu não quero ver isso acontecer com ela, sua família ou funcionários da GSA”, escreveu Trump no Twitter, indicando que instruiu sua equipe a fazer o que é necessário em relação aos “protocolos iniciais” da transição.

Em outro tuíte, Trump diz que autoriza os “protocolos iniciais” para a transição de poder ao presidente-eleito pensando “no melhor interesse do nosso país”. “Estou recomendando que Emily e sua equipe façam o que for necessário em relação aos protocolos iniciais e disse à minha equipe para fazer o mesmo”, escreveu.

*Com informações da EFE