Trump diz que conversas do Nafta foram boas, mas não descarta acordos bilaterais

  • Por Estadão Conteúdo
  • 18/07/2018 15h45
Agência EFEQuestionado sobre possível influência da Rússia nas próximas eleições, presidente foi sucinto: "não"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que teve boas conversas com o México sobre o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), o qual tem repetidamente criticado como injusto. Entretanto, Trump disse que pode completar acordos separados com México e Canadá, que hoje também são alvo das tarifas sobre aço e alumínio impostas pelos EUA.

Em reunião de gabinete nesta quarta-feira (18), Trump afirmou que no encontro com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, previsto para 25 de julho, devem ser discutidos vários temas, incluindo política de segurança e imigração, contraterrorismo, segurança energética e crescimento econômico. Segundo Trump, se a reunião não render um “acordo justo” para automóveis, os EUA darão uma “tremenda retribuição” aos europeus. O presidente americano tem ameaçado tarifas veículos importados da Europa caso não se chegue a um acordo considerado mais justo para os EUA.

Rússia

Perguntado por uma jornalista se acredita que a Rússia segue tentando influenciar o sistema político americano, Trump foi sucinto e direto: “Não”. A negativa representa uma nova contradição em relação à posição das agências de inteligência do país sobre a atuação do Kremlin.

*Com informações da Agência EFE