Trump diz que reunião das Coreias é histórica, mas só tempo mostrará o resultado

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 27/04/2018 08h41 - Atualizado em 27/04/2018 08h42
EFE/ Korea Summit PressLíderes norte-coreanos Kim Jong-un (esq.) e presidente sul-coreano Moon Jae-in passeiam juntos por zona desmilitarizada durante compromisso por futuro acordo de paz

O presidente dos EUA, Donald Trump, descreveu como “histórica” a reunião de cúpula realizada pelos líderes da Coreia do Sul e da Coreia do Norte nesta sexta-feira, mas ressaltou que “só o tempo dirá” qual será seu resultado.

Em comunicado conjunto divulgado mais cedo, as Coreias anunciaram que pretendem assinar um tratado de paz ainda este ano e que têm a meta comum de buscar a desnuclearização completa da Península Coreana, “abrindo uma nova era que ponha fim ao estado de guerra entre ambos os países”.

“Depois de um ano furioso de lançamentos de mísseis e de testes nucleares”, ocorre uma reunião entre as Coreias, comentou Trump há pouco em sua conta no Twitter. “Boas coisas estão acontecendo, mas só o tempo dirá”, acrescentou.

Em outra mensagem na rede social, Trump afirmou, enfaticamente, que a guerra coreana vai acabar e que os EUA e seu “grande povo” devem ficar muito orgulhosos pelo que está se desenrolando nas Coreias.

“Depois de um ano de fúria de lançamentos de mísseis e testes nucleares, um encontro histórico entre as Coreias do Norte e do Sul está se formando. Boas coias estão acontecendo, mas só o tempo dirá”, escreveu Trump.

“Fim à guerra da Coreia! Os Estados Unidos e toda a sua grande população deveriam estar muito orgulhosos do que esta acontecendo na Coreia”, comemorou.