TV dos EUA confirma que Maduro mandou deter jornalistas após se irritar com entrevista

  • Por Jovem Pan
  • 26/02/2019 19h48
Reprodução/ABC NewsJornalistas ficaram detidos no Palácio de Miraflores por mais de duas horas

O jornalista Jorge Ramos, junto com uma equipe da Univisión, canal hispânico dos Estados Unidos foram detidos na Venezuela no meio de uma entrevista com Nicolás Maduro.

Ramos publicou um vídeo em que explica o episódio. O apresentador, que disse ter todas as autorizações necessárias para a realização da entrevista, disse que Maduro se exaltou enquanto o jornalista mostrava um vídeo de jovens que comiam alimentos do lixo. O ditador interrompeu a entrevista imediatamente.

A equipe de seis pessoas ficou detida por mais de duas horas no palácio de Miraflores. No vídeo, Ramos conta que retiraram os celulares, mochilas e objetos pessoais dos jornalistas e dois deles foram trancados em um quarto escuro.

Após o incidente, o grupo voltou para um hotel em Caracas. Eles foram alvo de uma ordem de deportação do governo.

A Univisión indicou que Maduro “se irritou” com as perguntas e determinou que a equipe parasse a gravação, apreendeu os equipamentos e deteve os jornalistas.

No vídeo que Ramos mostra a Maduro, um jovem diz que “não dá mais para viver assim, temos que trocar de presidente”.