UE aprova prorrogar Brexit para 31 de outubro

  • Por Jovem Pan
  • 10/04/2019 21h32
ANDY RAIN/EFEPrazo inicialmente proposto por primeira-ministra britânica era 30 de junho

Após várias horas de reunião na tarde desta quarta-feira, 10, os líderes da União Europeia (UE) concordaram em adiar o prazo para a saída do Reino Unido do bloco. A nova para o Brexit é dia 31 de outubro. A mudança ainda precisa ser aceita pela primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May. Inicialmente, May propôs ao bloco europeu uma prorrogação do prazo até o dia 30 de junho.

“Os 27 países-membros da UE concordaram com a extensão do artigo 50. Agora, me reunirei com a primeira-ministra Theresa May para o acordo com o governo britânico”, escreveu o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, em mensagem no Twitter.

May voltou à sede do Conselho Europeu para conversar com Tusk após ter deixado o local durante a tarde. A reunião entre os líderes europeus durou várias horas devido às divergências entre os países.

Tusk defendia um prazo mais longo para o Brexit, de até um ano, que autorizasse o Reino Unido a deixar a UE assim que o país estiver pronto para sair do bloco. No entanto, isso representaria a presença britânica nas próximas eleições para a Eurocâmara em maio.

A França foi o país mais crítico à possibilidade de conceder ao Reino Unido um prazo mais longo para o Brexit e alertou que a permanência dos britânicos poderia colocar em risco o funcionamento das instituições do bloco europeu.

Fontes diplomáticas afirmaram que os franceses ficaram isolados nesta posição e que a cúpula entre os líderes já tinha deixado de discutir o Reino Unido, uma alusão à “postura dura” apresentada pelo presidente da França, Emmanuel Macron.

Por outro lado, a Alemanha defendeu um atraso mais longo do Brexit, sendo acompanhada por países como Portugal e Holanda.

*Com informações do Estadão Conteúdo