Covid-19: ‘Vencemos a batalha’, diz primeira-ministra da Nova Zelândia

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2020 10h36
EFE/EPA/FRIEDEMANN VOGELO país totaliza 1.122 casos confirmados da covid-19, entre eles 19 mortes. A taxa de transmissão está abaixo de 0,4%, já a internacional é de 2,5%

A Nova Zelândia “venceu a batalha” contra a pandemia do coronavírus ao registrar números mínimos de contágios diários, disse nesta segunda-feira (27) a primeira-ministra, Jacinda Ardern.

O país totaliza 1.122 casos confirmados da covid-19, entre eles 19 mortes. A taxa de transmissão está abaixo de 0,4%, já a internacional é de 2,5%. “Não há grandes contágios locais na Nova Zelândia. Vencemos a batalha”, comentou Adern à imprensa em Wellington.

Elogiada internacionalmente pela gestão da crise e empenhada a erradicar completamente a pandemia, a Nova Zelândia registrou desde o domingo um único novo caso da doença. Entretanto, para zerar as infecções, “será preciso rastrear os últimos casos, como achar uma agulha no palheiro”, disse a premiê, ao afirmar que no dia 11 de maio avaliará se suspenderá mais restrições.

A primeira-ministra pediu para que os compatriotas mantenham as medidas de distanciamento durante a reabertura parcial das atividades comerciais e aulas, que representam um maior contato entre pessoas. A expectativa é que um milhão de trabalhadores voltem aos locais de trabalho.

“Estamos abrindo a economia, mas não estamos retomando a vida social das pessoas”, alertou a premiê.

*Com informações da EFE