Zelensky pede que Alemanha derrube novo ‘muro’ que a Rússia levanta na Europa

O presidente da Ucrânia acusou os russos de criarem uma barreira contra a liberdade no continente e responsabilizou as parcerias da alemãs no campo energético por fortalecer a guerra

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2022 07h42 - Atualizado em 17/03/2022 07h43
Handout / UKRAINE PRESIDENCY / AFP Volodymyr Zelensky Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, teve um discurso exibido em vídeo na Câmara Baixa do Parlamento alemão nesta quinta-feira, 17

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou que a Rússia está erguendo um novo “muro” contra a liberdade na Europa e pediu que a Alemanha derrube essa barreira. O discurso do presidente ucraniano foi exibido em uma mensagem de vídeo na Câmara Baixa do Parlamento alemão nesta quinta-feira, 17. “Não é um muro de Berlim, é um muro na Europa Central entre a liberdade e a escravidão, e este muro fica maior a cada bomba lançada sobre a Ucrânia”, disse. “Querido chanceler [Olaf] Scholz, derrube este muro! Dê à Alemanha o papel de liderança que merece”, pediu Zelensky remorando o apelo do então presidente americano, Ronald Reagan, em Berlim, durante a Guerra Fria.

O presidente ainda citou 108 crianças mortas na Ucrânia desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro, e pediu ajuda contra as tropas de Vladimir Putin: “Um povo está sendo destruído na Europa. Nos ajudem a parar esta guerra”. Apesar do pedido, Zelensky não deixou de criticar o estreitamento das relações entre Alemanha e Rússia nos últimos anos, especialmente no campo energético e em relação à parceria para o gasoduto Nord Stream 2, cujo início da operação foi suspensa por Berlim recentemente.”Caro povo alemão, como é possível que, quando dissemos que o Nord Stream 2 era uma forma de preparar a guerra, ouvíssemos em resposta que ‘era puramente econômico?'”, questionou. Segundo o presidente da Ucrânia, a parceria entre Rússia e Alemanha “foram a base do novo muro”, criticou.

*Com informações da AFP