Na Câmara, organizadas culpam PM e imprensa por violência no futebol

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2015 10h44

Cinco presidentes ou responsáveis pelas torcidas organizadas de PalmeirasCinco presidentes ou responsáveis pelas torcidas organizadas de Palmeiras

Líderes das Organizadas comparecem a sessão da CPI das Torcidas na Câmara Municipal e culpam a PM e a imprensa por violência no futebol. Estiveram presentes representantes da Gaviões da Fiel, Mancha Alviverde e da Torcida Independente.

Durante uma hora, os três responderam às perguntas dos parlamentares e negaram que os grupos marquem brigas pela internet. O presidente da Gaviões, Rodrigo Fonseca, afirma que a imprensa deixa de divulgar outras ações das organizadas ao dar foco somente às brigas de torcidas. (Ouça detalhes no áudio acima)

O diretor da Mancha Alviverde, Jânio Carvalho Santos, afirmou que a presença da Polícia Militar nos estádios deveria ser revista. Os representantes das três torcidas foram categóricos ao afirmar que a segurança nos estádios deveria ser feita por empresas particulares e não pela PM

O Promotor de Justiça do Juizado do Torcedor, Paulo Castilho, discorda da argumentações dos líderes das organizadas. Castilho acrescenta que devido ao Juizado do Torcedor, foram afastados dos estádios 98 torcedores nos últimos três meses.

Com informações do repórter JP Anderson Costa