Nextel indica escritório para negociar com cliente e continua cobrando valor anterior

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2014 19h55

Ouvinte Paulo Ferreira denuncia abuso da Nextel na cobrança de contas atrasadas.

Empresa e consumidor fizeram negociação com a Nextel intermediada por um escritório de cobrança indicado pela própria empresa telefônica, em fevereiro.

Os envolvidos negociaram, dividiram o valor em três boletos e fizeram uma redução de 30% na pendência.

Após quatro meses, a Nextel está cobrando novamente essa diferença que foi dada como desconto, alegando que a empresa indicada não tinha autorização para ceder o desconto.

Assim, o consumidor não pode fazer nenhuma alteração no plano dos aparelhos e não consegue falar nem com a Nextel nem com o escritório que fez a negociação.

O endereço do escritório de cobrança foi passado pela própria Nextel, em ligação realizada no dia 10 de fevereiro.

Arthur Rollo, especialista em Direito do Consumidor, diz que “eles indicaram o escritório e respondem por isso”.

“Qualquer problema, ele (o consumidor) pode pedir essa gravação (da ligação de 10 de fevereiro)”.

“É um absurdo e o acordo deve ser honrado”, conclui.