Número de mortes nas rodovias do estado de SP cai 20% na Operação Natal

  • Por Agência Brasil
  • 28/12/2015 16h23
ATIBAIA, SP. 02.11.2015: ESTRADAS-FERIADO - Movimento intenso de veículos na Rodovia Fernão Dias (BR-381), apartir do km 45 na região de Atibaia no sentido capital paulista, nesta segunda-feira (02). (Foto: Luis Moura /WPP/Folhapress)Trânsito de veículos na Rodovia Fernão Dias

O número de mortes nas rodovias estaduais paulistas caiu de 20, em 2014, para 16, em 2015, durante a Operação Natal, uma redução de 20%. A operação foi realizada de 24 a 27 de dezembro pelo Comando de Policiamento Rodoviário da Polícia Militar (PM).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, no período, foram aplicadas 14.996 autuações, sendo 2.997 por não utilizar cinto de segurança ou equipamento de proteção para crianças (como a cadeirinha) e 1.575 por ultrapassagens em local proibido.

A PM também retirou de circulação 374 veículos irregulares ou que transitavam sem condições de segurança. Onze motoristas foram presos em flagrante por dirigirem embriagados e 460 foram notificados porque estavam sob efeito de álcool. Houve ainda autuação de 22 mil veículos por excesso de velocidade.

Além da prevenção, os policiais atuaram no âmbito criminal. Foram presas em flagrante 32 pessoas por diversos crimes. Cinco foragidos da Justiça foram detidos e reconduzidos ao sistema prisional, de acordo com a Secretaria de Segurança.

Os policiais recuperaram 17 veículos roubados ou furtados e apreenderam 120 quilos de maconha. Neste ano, a Polícia Militar Rodoviária apreendeu 82 toneladas do entorpecente, 128% a mais do que em todo ano de 2014 (36 toneladas).

Mortes nas rodovias federais que cortam SP têm queda 

De 21 a 27 de dezembro deste ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou três mortes nas rodovias federais que passam pelo estado de São Paulo. O número é 40% inferior ao total de mortes registradas no período do Natal do ano passado (cinco).

Este ano, houve 160 acidentes, 34,4% a menos do que o registrado no ano anterior (244). Os acidentes graves (aqueles que deixam pelo menos uma pessoa gravemente ferida ou provocam uma morte) tiveram redução de 56% – foram sete casos em 2015 e 16 no ano passado. O número de feridos caiu de 103 para 90 – redução de 12,6%.

De acordo com a PRF, os registros preliminares indicam que, além da redução de mortes, houve também diminuição da gravidade dos casos.