Obama confirma morte de refém americana

  • Por Reuters
  • 10/02/2015 13h57

A agente humanitária Kayla MuellerRefém americana

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, confirmou nesta terça-feira a morte de Kayla Mueller, trabalhadora humanitária americana que foi mantida refém pelos militantes do Estado Islâmico e disse que os EUA vão “achar e trazer justiça aos terroristas responsáveis”.

A família de Kayla também disse em nota que estavam “devastados” ao saber da morte e liberaram uma cópia da carta que ela escreveu em 2014 enquanto em cativeiro.