Obama diz que Hillary tem o privilégio e o ônus de ser líder nas pesquisas

  • Por Agência Estado
  • 25/01/2016 15h45
Hillary Clinton

O presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou que o senador Bernie Sanders tem se destacado na disputa dentro do Partido Democrata para escolha do candidato à presidência por causa da forte vigilância sofrida pela ex-secretária de Estado, Hillary Clinton, o que acontece sempre com quem lidera a corrida.

“Eu acho que Hillary é dura, já passou por isso antes e pode prever isso. Se você é um líder na corrida, então fica sob mais vigilância e todos vão te provocar”, disse Obama em entrevista ao site Político.

Hillary está na frente nas pesquisas de opinião nacionais desde que entrou na disputa, no ano passado, mas Sanders vem crescendo e já lidera em muitas pesquisas estaduais. Os dois pré-candidatos têm trocado farpas, especialmente por causa de um voto de Sanders no passado a favor de proteger os fabricantes de armas e por causa dos laços de Hillary com Wall Street.

Obama rejeitou comparar a situação atual com a sua campanha em 2008 contra Hillary e destacou diferenças com relação a Sanders. “Acho que Bernie veio com o luxo de ser uma aposta totalmente incerta e apenas se soltar”, afirmou. Já Hillary “veio com o privilégio e o ônus de ser vista como líder na corrida”, acrescentou.

A Casa Branca afirmou anteriormente que Obama iria ficar de fora das campanhas nas primárias democratas e dificilmente apoiaria alguém. Durante a campanha, porém, Hillary tem sido mais agressiva em defender que ela é a seguidora da política de Obama e quem vai manter seu legado.