Obama e Putin se reúnem para discutir situação na Síria, mas não chegam a acordo

  • Por Estadão Conteúdo
  • 05/09/2016 09h28
putin obama

O presidente do EUA, Barack Obama, e o da Rússia, Vladimir Putin, se reuniram, nesta segunda-feira, 5,  após conversas entre os seus altos funcionários para reduzir a violência na Síria. A discussão, no entanto, terminou sem um acordo.

Obama e Putin eram esperados para discutir um cessar-fogo na região, bem como a intervenção da Rússia na Ucrânia.

A conversa, que não era uma reunião formal, ocorreu à margem da cúpula do G-20. Esta foi a primeira reunião entre os presidentes face à face em quase um ano.

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o chanceler russo, Sergei Lavrov, mantiveram conversações sobre a Síria por horas ao longo dos últimos dois dias, mas eles não foram capazes de resolver as diferenças finais sobre um plano. Um acordo incluiria uma maior cooperação militar na Síria entre os EUA e a Rússia em troca de um cessar-fogo para fornecer ajuda humanitária.