Obama vê ataque como atroz, reforça apoio a França e diz que país vai “prosperar diante do terror”

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2015 21h09
Presidente Barack Obama em Washington

Diante dos ataques terroristas que tomaram a França na noite desta sexta-feira (13), Barack Obama expressou todo o seu apoio ao governo francês. Em pronunciamento, o presidente dos EUA lembrou que o país é o “aliado mais antigo na luta contra o extremismo e o terrorismo”.

Mais de 42 pessoas foram mortas e ainda há centenas de reféns em pontos diferentes no território francês. Justamente por isso, Obama disse que não irá especular. Mesmo assim, ele reforçou que os EUA estão à disposição.

“Aqueles que pensam que podem aterrorizar e deturpar os valores de uma nação estão errados. Liberdade, igualdade e fraternidade valem não somente para a França, mas para o mundo, que vai prosperar diante do terror”, disse.

O presidente afirmou estar em contato com oficiais franceses para “oferecer nossos sentimentos e preces”. “É de cortar o coração, passamos por isso e sempre pudemos contar com a França”, relembrou.

Barack Obama finalizou adotando cautela sobre os possíveis responsáveis, preferindo esperar a situação estar completamente controlada para se pronunciar a respeito dos autores dos atos.