Oito em cada dez empresários não devem contratar para vendas de final de ano

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2016 15h00

Uma das justificativas para não expandir a lista de funcionários é o medo da crise e de menos movimento até o final do ano

Vendedora em loja de sapatos - Ag. Brasil

Oito em cada dez empresários não contrataram e nem pretendem fazer isso para as vendas de final de ano, de acordo com o levantamento foi feito pelo Serviço de Proteção de Crédito (SPC) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), nas 27 capitais do Brasil.

A opção inclui até mesmo a demanda por funcionários temporários para suprir o aumento do movimento para as compras do Natal. Uma das justificativas para não expandir a lista de funcionários é o medo da crise e de menos movimento até o final do ano.

Os gestores acreditam que a atual equipe é capaz de dar conta da jornada de trabalho e da procura pelos artigos comercializados. Além disso, três em cada dez empresários consultados apostam que as vendas do final de ano serão piores que as registradas um ano antes.