ONU acusa Vaticano de ter permitido abusos contra crianças

  • Por Agencia EFE
  • 05/02/2014 09h42

Genebra, 5 fev (EFE).- O Comitê da ONU sobre Direitos Humanos das Crianças criticou nesta quarta-feira o Vaticano por nunca ter reconhecido a “amplitude dos crimes de abusos sexuais contra crianças por parte de sacerdotes e nunca ter tomado medida para pôr fim a eles”.

O Vaticano tampouco tomou as “medidas necessárias” para proteger os menores, segundo um informe sobre o cumprimento da Convenção Internacional sobre os Direitos das Crianças por parte da Santa Sé. EFE