ONU alerta para tragédia humanitária na cidade de Sinyar, no Iraque

  • Por Agencia EFE
  • 03/08/2014 12h03

Bagdá, 3 ago (EFE).- A ONU alertou neste domingo para a tragédia humanitária em andamento na cidade de Sinyar e outras áreas próximas, tomadas pelos jihadistas do Estado Islâmico (EI) no norte do Iraque, de onde já fugiram 200 mil civis.

Em comunicado, a Missão das Nações Unidas no Iraque (Unami) confirmou que o EI e outros grupos insurgentes aliados tomaram o controle de quase todos os bairros de Sinyar e da cidade vizinha de Tal Afar, na província de Ninawa.

“Uma tragédia humanitária está acontecendo em Sinyar”, afirmou o representante especial da ONU no Iraque, Nickolay Mladenov, que está preocupado com as condições dos deslocados, particularmente daqueles que ficaram presos em uma área que está rodeada por combatentes extremistas. EFE