ONU insiste com Hungria para necessidade de respeitar refugiados

  • Por Agência Brasil
  • 26/09/2015 23h52
Soldados húngaros montam cerca de arame farpado ao sul do país

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, insistiu neste sábado (26) com a Hungria para a necessidade de respeitar a dignidade e os direitos humanos dos migrantes refugiados que chegam ao território.

Ban Ki-moon passou a mensagem ao presidente húngaro, János Áder, a quem recebeu na cúpula sobre desenvolvimento, realizada nas Nações Unidas, em Nova York.

“O secretário-geral disse ao presidente que entende os desafios que a Hungria enfrenta quanto ao aumento do movimento dos migrantes e de refugiados para a Europa”, disse o porta-voz de BanKi-moon num breve comunicado, após a reunião.

No entanto, afirmou, “o secretário-geral sublinhou ao presidente a importância de respeitar a dignidade e os direitos humanos ao lidar com essas questões”.

Na semana passada, o secretário-geral das Nações Unidas disse que estava “chocado” pela forma como estão sendo tratados os grupos de migrantes em países como a Hungria, considerando que a situação “não é aceitável”.