Oposição pede que May entregue os termos de negociação do Brexit ao Parlamento

  • Por Estadão Conteúdo
  • 05/11/2016 13h21
FRA607 FRÁNCFORT (ALEMANIA) 24/06/2016.- Un panel muestra información bursátil junto a una bandera del Reino Unido en el parqué de Fráncfort (Alemania) hoy, 24 de junio de 2016. El índice selectivo DAX 30 de la Bolsa de Fráncfort abrió hoy con un desplome del 10 %, después de que haya triunfado en el Reino Unido el "brexit" de la Unión Europea (UE). EFE/Frank RumpenhorstBrexit

O líder do maior bloco de oposição do Reino Unido, Jeremy Corbyn, disse neste sábado que o governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, está resistindo ao “escrutínio democrático” no processo de saída do Reino Unido da União Europeia (“Brexit”) porque não desenvolveu nenhum plano para deixar o bloco.

Corbyn pediu que May divulgue imediatamente os termos de negociação do governo para o Brexit ao Parlamento agora que a Suprema Corte britânica decidiu que os deputados deverão aprovar a saída britânica para que ela, de fato, ocorra.

Segundo os juízes, a primeira-ministra não tem a autoridade necessária para acionar o Artigo 50 e deixar a União Europeia sem a aprovação parlamentar. Com a decisão, existe a possibilidade de o processo demorar mais do que o previsto por Theresa May.